Conheça tudo sobre a Vodka, a bebida dos Czares!
VODKAS.COM.BR
Imigrantes Bebidas

Mais de 100 rótulos de vodkas diferentes
A Vodka no Ocidente

A Vodka na Europa Ocidental

A origem da destilação da vodka na Europa Ocidental não está determinada e, talvez, seja tão antiga quanto a produção de vodka na Rússia e na Polônia.

Sabe-se, entretanto, que o aumento da popularidade da vodka na Europa se deu a partir da década de 1960, incentivando a expansão do mercado.

Em 1888 na Holanda se iniciou a produção da vodka Royalty, produzida a partir do trigo. As famílias Wolfschmidt e Gorbatschow iniciaram suas produções de vodka respectivamente na Noruega e na Alemanha no início do século XX, depois de saírem da Rússia devido à Revolução.

A partir de 1960 as destilarias de vários outros países da Europa Ocidental passaram a produzir e comercializar diversas marcas de vodka no mercado.

Estas vodkas primam pela alta qualidade e se caracterizam pela pureza e cristalinidade.

A Vodka nos Estados Unidos

A vodka foi destilada pela primeira vez nos Estados Unidos na década de 1930, ganhando popularidade, porém, 30 anos depois.

A partir de então, o país se tornou o segundo maior mercado mundial de vodka depois da Rússia.

Foi introduzida na América pela companhia Wolfschmidt, depois que seus proprietários fugiram da Rússia na época da revolução e emigraram para a Noruega e mais tarde para os Estados Unidos.

No entanto, o pai da indústria americana de vodka foi Rudolpf Kunett, comerciante de grãos na Rússia e fornecedor da família Smirnoff, também produtora de vodka e também egressa da Rússia por conta da Revolução.

Kunett obteve autorização da família para produzir a Vodka Smirnoff nos Estados Unidos a partir de 1934. Em 1939 a pequena destilaria foi vendida á Companhia Heublein, fabricante e distribuidora de bebidas. Seu proprietário John Martin expandiu os negócios com vodka a partir de 1950. Na década seguinte a vodka se consagraria como uma bebida versátil, que poderia ser misturada a praticamente qualquer outra bebida.

A grande característica da vodka americana é a ausência de aroma e de sabor, o que a torna a base ideal para coquetéis.

A Vodka no Brasil

Poucas são as informações sobre as origens da vodka no Brasil. Sabe-se, entretanto, que a vodka foi trazida para o Brasil pela multinacional Seagram na década de 1960. A primeira marca a ser comercializada foi a Orloff.

No final da década de 1970, um imigrante russo chamado Victor começou a fabricar vodka no Brasil. A partir de informações obtidas com parentes e amigos seus envolvidos com a produção de vodka na Rússia, aperfeiçoou os métodos de filtragem (retificador) em tri-retificado, passando a fabricar um destilado de altíssimo padrão. Nascia a Vodka Sputnik, reconhecida internacionalmente por sua qualidade.

A partir desta época, várias destilarias nacionais incluíram a vodka na lista de seus produtos.

Hoje no Brasil, a vodka está ligada principalmente ao consumo de drinques e coquetéis, particularmente da caipirinha, originalmente preparada com a cachaça obtida da cana-de-açucar.




Conheça Também:

Imigrantes Bebidas
Adega do Vinho
Clã do Whiky
cervejanacionaleimportada.com.br
Bebidaebebidas.com.br
Alambique da Cachaça
Absintos.com.br
5723346